segunda-feira, 5 de junho de 2017

Saudade do Mar (Enlaces Disticus)









         













Ando a sentir saudade da beleza do mar
Das ondas indo e vindo e seu murmurar.
Que falta me faz a dança do coqueiral
Agradecendo ao vento o sopro celestial. 
Meu lugar predileto para escrever 
Na mesa da varanda assistir o sol nascer, 
Eu na manhã abissal fazendo poesia 
Inspiração regada a vento e maresia. 
Hoje o cenário é enfadonho 
No sertão seco, verde só em sonho. 
Quisera poder novamente desfrutar 

Do mar azul e seu envolvente cantarolar. 









Enlaces Disticus é um Experimental criado pela poetisa Aila Brito!










2 comentários:

  1. A saudade, embora dolorida, nos remete a momentos belos e significantes da vida. Excelente enlaces. Parabéns, querida! Agradeço, infinitamente. Beijos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bem verdade Aila, não é de tudo ruim, algumas vezes é até bem inspiradora.

      Bjs!

      Excluir