sexta-feira, 30 de junho de 2017

Teoria Literária do Enlaces Disticus

O que é o 'enlaces disticus'? Como fazer?
Caros colegas,

Foi pensando em um novo jeito de me expressar, sem seguir a tantas regras, que cheguei a esse novo experimental.
Bastante prático, o "enlaces disticus", compõe-se de cinco (05) disticus, condensados (compactados), resultando em uma décima, e de um (01) dístico separado, ou de um (01) monóstico; arrematando o poema, e rimando com o 1º dístico do poema. (PADRÃO)
Não há métrica (por exigência; salvo gosto do poeta), ou seja, contagem dos sons dos versos. Apenas apresenta rimas iguais, no final de cada dístico (variando a rima, por dístico - 'preferencialmente' - exceção, nas ênclises, quando houver).
A rima do dístico separado, ou, do monóstico, deverá ser igual ao do primeiro dístico do poema, e sem repetição das palavras. (preferencialmente). PADRÃO
Numa variação (livre), o dístico ou monóstico, poderá apresentar outra rima.
Os disticus devem está em consonância, no contexto; sem estanques, ou seja, sem sentido isolado; formando o poema.
A pontuação no poema, varia; de modo a se fazer um melhor entendimento da mensagem.

*****************************************************

ESTRUTURA:

O ENLACES DISTICUS, DEVE FICAR ASSIM:

XXX XXX XXX - (A)


XXX XXX XXX - (A)


XXX XXX XXX - (B)


XXX XXX XXX - (B)


XXX XXX XXX - (C)


XXX XXX XXX - (C)


XXX XXX XXX - (D)


XXX XXX XXX - (D)


XXX XXX XXX - (E)


XXX XXX XXX - (E)


XXX XXX XXX - (A)


XXX XXX XXX - (A)

OU

XXX XXX XXX - (A)

Numa variação, o dístico ou o monóstico poderá ser:


XXX XXX XXX - (F)


XXX XXX XXX - (F)


OU


XXX XXX XXX - (F)

(Permanecendo o 'corpo' - décima, sem alteração.)

MODELOS -


EU E TU

Só em ti sou doce canto

És meu porto, meu acalanto;
Sem ti, sou náufraga de mim,
Céu inóspito, sem querubim...
Sem estrelas, sem lua; noite nua!
Só por ti, vivo, serei sempre tua;
Em mim, és eterna e doce morada...
Em noite festiva, bela, enluarada!
Sem mim, sei; és folha ao vento...
Rio sem mar; puro sofrimento!

Somos assim: EU e TU, portanto;
Rainha e rei, num mundo de encanto!


xxxxx

NÃO... NÃO HÁ! – ‘DOE ESPERANÇA’

Não há vida sem doação,
Não há comunhão sem oração;
Não há amor sem serviço,
Não há verdade em ‘ser postiço’;
Não há paz sem silêncio,
Não há força no tom cício
Não há luz em visão cega,
Não há sabor que a boca nega;
Não há crime sem sentença;
Não há cristão, SENHOR, sem tua presença!

'Doe esperança’; faça valer um coração!


xxxxx

22 comentários:

  1. Boa sorte para esse estilo experimental "enlaces disticus"...
    Beijos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada por apreciar Graça e pela gentil visita.
      Bjss!

      Excluir
  2. Amei esses enlaces,querida amiga Diná!

    Realmente não conhecia esse experimento,mas fica muito lindo!

    Obrigada pelas visitas e volte sempre!

    Um fim de semana de Paz Profunda para você.

    Beijos sabor carinho

    Donetzka

    Blog Magia de Donetzka

    ResponderExcluir
  3. Olá, enlaces experimentais bem conseguidos, não conhecia, fiquei a conhecer pela excelente partilha.
    Feliz semana,
    AG

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Antonio, seja bem vindo aqui também. Grata pela visita, sempre um prazer dividir meu rabiscos.

      Abraço!

      Excluir
  4. Agradeço-te, querida Diná, pela divulgação do "enlaces disticus". Deus te abençoe! Beijos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oh amiga, fico feliz com sua visita. Que Abençoados sejamos todos.
      Bjss!

      Excluir
  5. Muito legal essa forma de se expressar poeticamente. No recesso vou tentar, beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ok amiga, qualquer duvida consulte a Teoria que está no início da página. Tenho certeza que daí virá uma obra prima.

      Bjsss

      Excluir
  6. Um estilo bem interessante que facilita a compreensão da poesia!
    Obrigada pela visita

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito bem Gracinha , entendimento perfeito, é isso mesmo!
      Agradeço também sua gentil visita.
      Bjss!

      Excluir
  7. Interessante. Bom Domingo. E obrigado pela visita, volte sempre!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Fábio, seja bem vindo , bom receber sua visita. Agradecida pela atenção!

      Excluir
  8. Bom dia amiga! Vim retribuir sua visita e o comentário que deixou, sempre engrandecendo a postagem. Serás sempre bem vinda ao meu cantinho, volte sempre.
    Amei o seu post, tanto que estou seguindo com meus dois perfis. Parabéns!

    Tenha um domingo feliz e um início de semana na paz, com muita saúde e felicidade. Abraços, Lourdes Duarte.
    Deixo os lingues dos meus blogs para quem desejar conhece-los e seguir. Ficarei grata!
    https://professoralourdesduarte.blogspot.com.br/
    http://filosofandonavidaproflourdes.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  9. Olá, vim aqui agradecer a visita e lhe conhecer, já estou lhe seguindo. Bom aprender, não sabia . Vc mora em Currais? Me siga no blog e vamos trocar figurinhas

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. amiga Lourdes, seja bem vinda sempre!Obrigada por me seguir aqui também!
      Bjss!

      Excluir
  10. Olha só!
    A criatividade correndo solta! Eu gosto disso.
    E se tratando de poesia, gosto de criatividade ainda mais...

    abraço
    Lola

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Lola, grata pelas palavras! Que bom que gostou! Pode tentar se desejar, é fácil de escrever Enlaces.

      Bjss!

      Excluir
  11. Parabéns Diná pela nova estrutura que partilha.
    Voce sempre inquieta à procura de inovações.
    Depois vou arriscar.
    Ela é do Recanto das Letras?

    Abraços.
    Bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Toninho, pois é amigo, a esta altura da vida , se parar atrofia, então fico igual formiguinha, gosto disso. rsrs...
      A Aila é do Recanto sim!
      Bjs no core amigo!

      Excluir
  12. Muito bom. Interessante parabéns 👏👏👏

    ResponderExcluir